Compartilhando os Fatos

Vitória confirma primeira morte de morador vítima de febre amarela

Um personal trainer de Jardim da Penha, em Vitória, é a primeira morte por febre amarela confirmada de um morador na Capital. Patrick Lethieri Schuckert, 31 anos, teria sido picado pelo mosquito transmissor da doença, em Pedra Azul*, no município de Domingos Martins, conforme relatou a secretária de Comunicação da Prefeitura de Vitória, Margô Devos. A informação também foi confirmada pelo médico e primo do personal, João Vitor Scardini, que afirmou que, pelo desenvolvimento do quadro clínico de Patrick, ele foi picado no último dia 19, quando esteve em Pedra Azul.

*O diretor de marketing da Associação Turística de Pedra Azul repudia a informação de que o professor teria sido picado na região na Região Serrana (veja no final da matéria).

Segundo o médico João Vitor Scardini, o professor esteve em Pedra Azul no dia 19 para uma confraternização de família. Na quarta, dia 22, começou a ter febre e dor no corpo. O personal chegou a ser atendido em um hospital particular na Capital, mas não tinha um diagnóstico preciso. “A investigação era dengue ou virose”, disse o primo.

Como já tinha passagem comprada para João Pessoa, ele viajou na quinta. “Na sexta começou a piorar o quadro. Ele foi internado de sexta para sábado. Nesta segunda, não resistiu.”

Scardini contou  que ele, como médico, e o irmão do personal estavam a caminho da Paraíba quando souberam da notícia do falecimento. “Nós só conseguimos passagem para segunda. Em uma escala, tivemos a notícia. Pegou todo mundo de surpresa. Ninguém esperava. Está todo mundo muito abatido.”

O médico afirmou que a família ainda não tem previsão de quando o corpo irá chegar ao Estado. No momento, estão providenciando os trâmites legais.

Patrick viajava acompanhado da esposa e da filha do casal.

Prefeitura de Vitória

Nesta terça-feira (28), a prefeitura da Capital confirmou a morte do primeiro morador da cidade com a doença. Mas destacou que Patrick não foi infectado na cidade. Com a confirmação do caso, a prefeitura vai reforçar a vacinação em Jardim da Penha, bairro do morador. A ação preventiva será na Igreja Batista, na Rua do Canal, em Jardim da Penha, na nesta quarta-feira. A prefeitura garante que há vacinas para todas as pessoas.

Mais detalhes, como o horário do início da vacinação, ainda estão sendo confirmados pela reportagem.

Diretor de marketing da Associação Turística de Pedra Azul repudia informação

O diretor de marketing da Associação Turística de Pedra Azul e Região, Antônio Carlos de Almeida, afirmou que não há como confirmar que o personal trainer, que morreu vítima de febre amarela, foi picado pelo mosquito transmissor da doença em Pedra Azul.

“A gente repudia essa informação pois não há como confirmar se o professor foi picado pelo mosquito aqui. Essa informação é no, mínimo, descabida. Existem macacos mortos aí na Grande Vitória também, como afirmar que partiu daqui?”, ponderou.

Antônio Carlos criticou a informação dada pela Prefeitura de Vitória, o que ele afirma ser uma transferência de responsabilidade.

O diretor de marketing finalizou fazendo um apelo para a população da Grande Vitória de que não há como identificar que o personal trainer foi picado na Região de Pedra Azul. “Não há nenhum caso confirmado aqui na região. Isso pode impactar no nosso turismo”, afirmou Antônio.

Comentários

Comentários

Comentários estão fechados.